Pormenor da Biblioteca Luísa Dacosta, fresco de Martins da Costa, Séc. XX

Área de leitura informal

Pequeno auditório

Área de informática e multimédia

Fundo documental

Dia Mundial da Alimentação

A Biblioteca também se associou à comemoração do Dia Mundial da Alimentação com a atividade Fruta & Poesia.
No dia 16 de outubro, os alunos da nossa escola almoçaram com poesia. Os tabuleiros da cantina foram ornamentados com poemas.
Também professores e assistentes operacionais foram surpreendidos com poesia, a propósito de... alimentação!


Projeto de leitura 3º ciclo


Os alunos do 3º ciclo tiveram a oportunidade de ver, manusear e consultar todas as obras previstas no projeto de leitura da disciplina de Português, do seu ano de escolaridade.
A Biblioteca preparou para o efeito uma exposição com os títulos definidos para cada ano, proporcionando assim um contacto direto dos alunos com as referidas obras.

Foram aulas de Português diferentes. Alunos e livros, numa iniciativa que pretende acima de tudo favorecer momentos de contacto direto com a literatura, sem a mediação de Manuais ou textos impressos.


Saber utilizar a Biblioteca


E porque a nossa Biblioteca é um mundo. Um mundo a descobrir. Ao longo da semana de 23 a 27 de setembro, os alunos de 5º ano estiveram na Biblioteca fizeram muitas perguntas e ficaram a conhecer as diferentes áreas, a sua organização e os serviços que temos para lhes oferecer.

Também o serviço de requisição domiciliária começou a funcionar com milhares de títulos disponíveis, para todos os gostos.

Receção aos 5º anos

À semelhança dos anos transatos, a equipa da BE deu as boas-vindas a todas as turmas de 5ºano. Foi bom ver tantas caras novas que mostraram muito interesse não só pelo espaço, mas também pela possibilidade de mergulhar no mundo dos livros que temos para lhes oferecer.
No final da sessão, os alunos foram convidados a deixar registado o livro que gostariam de ler na Biblioteca, em cartolinas preparadas para o efeito.
O resultado final encontra-se exposto no Átrio de Cultura e já dá para antever os gostos literários dos nossos alunos.

Obra de arquitetura do mês' junho 19


Faculdade de Arquitetura, Porto, 2001.
Álvaro Joaquim Melo Siza Viera, internacionalmente conhecido por Siza Vieira (25 de junho de 1933), é o arquiteto português mais premiado internacionalmente.

O conjunto de edifícios que constituem a Faculdade, situados no polo do Campo Alegre, foi projetado pelo arquitecto Álvaro Siza Vieira com Adalberto Dias.
Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (FAUP) é uma unidade orgânica da Universidade do Porto vocacionada para o ensino da Arquitetura.
É correntemente referida, no âmbito da arquitectura, como a "Escola do Porto".
A Escola do Porto exerce grande importância no cenário arquitetônico mundial, sempre figurando entre as melhores em rankings e tendo arquitetos como Eduardo Souto de Moura (Pritzker 2011), Fernando Távora e o próprio Álvaro Siza Vieira (Pritzker 1992), como grandes precursores .
O programa original da escola incluía instalações de salas de aulas para 500 estudantes, um auditório, administração, uma sala de exposições e uma biblioteca. O arquiteto decidiu fragmentar esse programa em edificações separadas. Na parte sul, com vistas para o Rio Douro, foram implantados os programas de salas de aula e ateliês. Uma característica marcante da obra de Siza, que é de enquadrar magistralmente as vistas que deseja que o observador aprecie, é bastante marcante nesse projeto e, sobretudo, nos volumes de salas de aula. Esses volumes, cuja atividade de projeto carecem de inspiração, tem uma relação fortecom o entorno natural da cidade do Porto. São justamente essas aberturas, em conjunto com as proteções solares, que Siza cria uma diferenciação e um movimento entre os volumes.