Pormenor da Biblioteca Luísa Dacosta, fresco de Martins da Costa, Séc. XX

Área de leitura informal

Pequeno auditório

Área de informática e multimédia

Fundo documental

Jorge Araújo, jornalista e escritor, editor do Actual, caderno do semanário Expresso, esteve presente na nossa biblioteca durante a Semana da Leitura. Os alunos que trabalharam o seu livro Comandante Hussi, no âmbito do projeto em curso neste ano letivo Solidariedade com a Guiné-Bissautiveram a oportunidade de o ouvir e debater aspetos vários da sua obra. Um encontro que a todos entusiasmou.

Encontro com Leonor Mexia

No âmbito da Semana da Leitura, a escritora Leonor Mexia esteve com os alunos do 5ºC e do 5ºG, respondendo às suas questões e satisfazendo a sua curiosidade. Foi um momento muito especial e que teve como corolário a leitura de uma história do seu último livro, Colar de Contos.







No âmbito da Semana da Leitura, a escritora Leonor Mexia esteve com os alunos do 5ºC e do 5ºG, respondendo às suas questões e satisfazendo a sua curiosidade. Foi um momento muito especial e que teve como corolário a leitura de uma história do seu último livro, Colar de Contos.

Posted by Picasa

Ainda no âmbito da Semana da Leitura também a escritora Helena Osório esteve na Biblioteca a falar da sua obra. Alunos de 5º ano ususfruiram deste momento em que, mais uma vez, o livro foi pretexto para um encontro em torno das palavras e da magia que em si encerram.
Posted by Picasa

Encontro com Jorge Araújo

Jorge Araújo, jornalista e escritor, editor do Actual, caderno do semanário Expresso, esteve presente na nossa biblioteca durante a Semana da Leitura. Os alunos que trabalharam o seu livro Comandante Hussi, no âmbito do projeto em curso neste ano letivo Solidariedade com a Guiné-Bissau, tiveram a oportunidade de o ouvir e debater aspetos vários da sua obra. Um encontro que a todos entusiasmou.





Na próxima sexta feira dia 20 de abril, pelas 13.30, na biblioteca.






Diretor do Laboratório de Física Biomédica da Universidade Livre de Bruxelas, que fundou em1994,Manuel Paiva, nascido no Porto em 7 de Janeiro de 1943, era desconhecido do grande público até que em 2003 a nave Columbia se desintegrou ao reentrar na atmosfera. Foi então que muita gente ficou a saber que um dos responsáveis das missões científicas que tinham sido atribuídas aos astronautas que pereceram no desastre era um português residente e a trabalhar na capital belga. Manuel Paiva colabora há 30 anos com a NASA e mais recentemente com a Agência Espacial Europeia. Tem dedicado boa parte da sua atividade a procurar despertar nos mais jovens o gosto pela ciência

Professor Doutor Manuel Paiva connosco!



Na próxima sexta feira dia 20 de abril, pelas 13.30, na biblioteca.






Diretor do Laboratório de Física Biomédica da Universidade Livre de Bruxelas, que fundou em1994,Manuel Paiva, nascido no Porto em 7 de Janeiro de 1943, era desconhecido do grande público até que em 2003 a nave Columbia se desintegrou ao reentrar na atmosfera. Foi então que muita gente ficou a saber que um dos responsáveis das missões científicas que tinham sido atribuídas aos astronautas que pereceram no desastre era um português residente e a trabalhar na capital belga. Manuel Paiva colabora há 30 anos com a NASA e mais recentemente com a Agência Espacial Europeia. Tem dedicado boa parte da sua atividade a procurar despertar nos mais jovens o gosto pela ciência